Respiração no Método Pilates

No pilates, a respiração não é abdominal ou diafragmática, embora esse músculo seja acionado. Há três formas de respirar: na parte alta do tórax, na parte baixa da caixa torácica (costelas inferiores) ou na cavidade abdominal.
Na respiração alta, não utilizamos toda a capacidade pulmonar e acionamos musculaturas erradas, acumulando tensão nos ombros e no pescoço.
Na respiração abdominal, os músculos do abdômen e da região lombar relaxam, dificultando a estabilização do corpo.
O padrão respiratório proposto pelo pilates é chamado respiração tridimensional: a caixa torácica é empurrada para o lado e para trás, com a ação do diafragma e dos músculos intercostais, mas os músculos abdominais e do assoalho pélvico mantêm-se contraídos.